[RESENHA #840] O FANTASMA DE CANTERVILLE E OUTROS CONTOS - OSCAR WILDE


Sinopse: “O fantasma de Canterville” inverte clichês da literatura gótica enquanto brinca com conceitos de tradição e modernidade para tecer uma crítica afiada à sociedade vitoriana. Mas, acima de tudo, Oscar Wilde cria uma obra leve e divertida ― um clássico que há mais de um século encanta leitores de todas as idades. Ao lado das outras sete histórias que compõem este volume (entre elas as famosas “O Príncipe Feliz” e “O crime de Lorde Arthur Savile”), é uma prova do talento e da versatilidade do escritor, poeta e dramaturgo irlandês. Esta edição conta com tradução e introdução de Otto Schneider.

Resenha/Opinião: "O Fantasma de Canterville e Outros Contos" é uma compilação de contos do escritor inglês Oscar Wilde, ao todo são cerca de oito histórias e nesse ano de 2021 recebeu uma nova edição pela editora Nova Fronteira através do selo Coleção Clássicos de Ouro, selo esse que tem por objetivo levar ao leitor tanto os clássicos já bem conhecidos como alguns menos conhecidos do público em geral. Abaixo eu deixo compartilho com vocês alguns dos contos que mais gostei.

O primeiro dos contos é justamente o que dá título ao livro e em "O Fantasma de Canterville" nos acompanhamos uma assombração, um fantasmas que após perturbar gerações e gerações de seus parentes, acaba sendo humilhada quando uma nova família muda para a mansão em que está presa, pois essa família é descrente, não acredita em assombrações e apenas a misericórdia de uma pequena garota é capaz de liberar o fantasma de todo o martírio e sofrimento que enfrenta.


Em o "O Príncipe Feliz" acompanhamos a história de uma andorinha que se apaixonou por um junco e desiludida, deixou tudo para trás e resolveu voar para o Egito. Contudo, bem antes de chegar ao destino final, decide dar um tempo em sua viagem e resolve descansar aos pés de uma estátua que chorava. Essa estátua era conhecida como o Príncipe Feliz, que em vida era verdadeiramente feliz, mas depois de algum tempo morreu e foi homenageado com sua estátua amplamente decorada com safiras e ouro, mas que por observar todas as mazelas enfrentada por seu povo, chorava copiosamente todos dias sem nada poder fazer.

O Príncipe pede a ajuda da andorinha que prontamente aceita. Antes de continuar a sua viagem para o Egito, a andorinha deve realizar algumas missões para ajudar o povo do Príncipe, entre elas: terminar a peça encomendada ao escritor que se encontra faminto e não consegue escrever; ajudar a costureira que está com seu filho doente; encontrar os fósforos perdido por uma criança, além é claro de outras pequenas missões.

No conto o "Rouxinol e a Rosa", temos a história de um jovem estudante que está perdidamente apaixonada por uma jovem. Essa jovem promete ao estudante que no próximo baile irão dançar juntos, desde que ele lhe trouxesse uma rosa vermelha. Contudo, não havia rosas vermelhas nos jardins que o estudando conhecia, ele estava totalmente sem esperanças de agradar a jovem que tanto desejava. Vendo todo o sofrimento do jovem, um rouxinol decide ajudá-lo e vai em busca da bela e vermelha flor, mas para ajudar o estudando o rouxinol precisa fazer um grande sacrifício.

"O Pescador e sua Alma" nos traz a história de um certo pescador que foi surpreendido pelo destino ao apanhar em sua rede uma sereia. Esta, por sua vez, ao ser capturada fica completamente desesperada pela condição que se encontra e ávida por sua liberdade fez um acordo com o pescador, basicamente tal acordo era que ela deveria diariamente cantar para o pescador, dessa forma ele poderia encher a sua rede de peixes. O pescador não pensa duas vezes e concorda com a proposta que lhe foi ofertada, assim ele devolve a linda sereia ao mar e conforme combinado, ela cumpre a sua promessa. Contudo, não satisfeito com os arranjos, o pescador novamente tentou capturar a linda sereia e essa simplesmente sumiu naquele dia. o pescador tentou novamente agarrar a bela sereia e esta não voltou mais naquele dia. Nos dias subsequentes o pescador ouviu a cantoria da sereia e ficou profundamente apaixonado. Ele estava determinado a ter essa bela criatura como amante, mas para conseguir isso ele precisava pagar um grande preço, abdicar da sua alma.


A história em "O Filho da Estrela" começa quando dois pobres lenhadores retornavam de uma floresta de pinheiros e foram surpreendidos com um estranho acontecimento vindo do céu, pois em certo momento uma estrela muito brilhante simplesmente caiu do céu. Achando que foram abençoados, eles correram atrás daquela estrela, mas quando chegaram no local da queda, eles ficaram frustrados, pois na verdade encontraram uma criança. Um dos lenhadores era pai e tinha muitas bocas para alimentar em casa, consternado com a situação da criança que estava no frio e com fome, levou-a para casa e criou como se fosse um dos seus. O filho da estrela ou a criança-estrela recebia carinho como todos os outros filhos, mas cresceu apresentando um lado cruel, orgulhoso e até mesmo egoísta. Contudo, tudo muda na vida dela quando uma pedinte passa na vila onde ela mora.

Eu adoro livros de contos, mas falar sobre um livro de contos nem sempre é uma tarefa fácil, eu digo isso porque normalmente nos deparamos com diversas histórias e nem sempre tais histórias falam sobre os mesmos temas, normalmente há uma diversidade de temas e para alguns leitores pode parecer um pouco confuso. Contudo, "O Fantasma de Canterville e Outros Contos" é um livro de fácil compreensão, até porque os contos apresentados são na verdade voltados para o público infanto-juvenil e aqui encontramos histórias que falam sobre arrependimento, arrogância, avareza, inveja, mas também sobre o amor e a bondade.

O mais legal dos contos apresentados é que os personagens possuem têm seu espaço e voz, dito isso, podemos encontrar conversas entre um passarinho e um rato ou até mesmo entre as flores de um jardim, ou seja, é uma verdadeira fábula. Contudo, você pode pensar que tais conversas não possuam um propósito, muito pelo contrário, cada diálogo e cena foram construídas de forma a ter um propósito e sentido.

Apesar de eu ter dito que as histórias apresentadas são voltadas ao público infanto-juvenil, eu vou além, pois os contos são muito bem escritos, são histórias repletas de ensinamentos e reflexões, são histórias edificantes e aconchegantes, dessa forma eu acredito que os contos elaborados pelo Wilde vai agradar os mais diversos leitores. Em suma, esse é um livro magnífico e para todas as idades! Super recomendo a leitura!


Sobre o autor: Nasceu em 16 de outubro de 1854 em Dublin, Irlanda. Filho de William Robert Wilde, cirurgião-oculista que servia à rainha. Sua mãe, Jane Speranza Francesca Wilde, escrevia versos irlandeses patrióticos com o pseudônimo de Speranza. Foi educado no Trinity College, Dublin e mais tarde em Oxford. Lá ele recebe a influência de Walter Pater e da doutrina da "arte pela arte". Em 1879, vai para Londres, para estabelecer-se como líder do "movimento estético". Em 1881 é publicada uma coletânea de seus poemas. Em 1882, sem dinheiro, aceita participar de um ano de viagens entre USA e Canadá. Essa viagem lhe rendeu fama e fortuna. Em 1884, casa-se com a bela Constance Lloyd. Com a publicação de "Retrato de Dorian Gray", sua carreira literária deslancha.

Ficha técnica:
Título: O Fantasma de Canterville e Outros Contos
Autor: Oscar Wilde
Tradução: Otto Schneider
Editora: Nova Fronteira
Páginas: 160
Ano: 2021
ISBN: 9786556402277
Onde Comprar: Amazon - Play Livros (Desconto de 30% com o cupom OURO30)

Postar um comentário

0 Comentários