[RESENHA #847] UMA HISTÓRIA GLOBAL DA HISTÓRIA - DANIEL WOOLF

 

Sinopse: Uma história global da história traça um cuidadoso panorama da historiografia desde a antiguidade até nossos dias. A novidade é que não se trata apenas de um panorama da historiografia ocidental a partir da antiguidade (da Grécia ao Ocidente europeu e norte-americano), mas sim de um panorama das diversas formas e produções historiográficas em sociedades e culturas das mais diversas, para muito além da linhagem historiográfica ocidental.

Resenha/Opinião: Escrito pelo historiador britânico-canadense Daniel Woolf, "Uma história global da história" foi publicado originalmente em 2011 e chegou ao Brasil por meio da Editora Vozes em 2014. Woolf tem como proposta apresentar a história da "história", ou seja, ele pretende demonstrar e debater como a história foi registrada ao longo dos milênios, quais são as suas formas, pois o registro da história não ocorreu apenas por meio da escrita ou dos discursos, mas também através de uma pintura ou monumento. É interessante constatar que a história foi registrada, organizada e composta em determinado momentos por meio da prosa contínua, ou seja, por meio de crônicas.

Daniel Woolf ainda aborda a historiografia, o que é ela e qual o seu uso. Essa palavra é utilizada por diversas vezes no mundo acadêmico, bem como em diversos livros de história. A historiografia é normalmente utilizada para descrever a história e de forma secundária é utilizada para descrever o pensamento histórico, ou seja, o próprio estudo de como a história tem sido escrita, até mesmo falada ou pensada ao longo da existência humana. Basicamente a historiografia serve para o estudo dos métodos de história; para a revisão e o estudo do estado de conhecimento e para estudar a história da escrita da história.

Daniel Woolf ainda no início de sua obra inicia a sua narrativa por volta de 4.000 anos atrás e nos leva para o Oriente, basicamente para a Mesopotâmia, o Egito e os Israelitas. O oriente era uma região extremamente complexa naquele período, composta por diversas etnias e línguas, do oriente até o norte da África havia muitas civilizações e elas não preservaram seus passados, dessa forma, a evidência de suas existências são fragmentárias, o estudo delas ocorre através de inscrições em placas de pedras ou até mesmo em rochas. Contudo, o registro da história ocorria também por meio de escrito em papiros e grande parte desses objetos não sobreviveu ao longo dos milênios.

O autor ainda fala brevemente sobre uma grande obra que é considerada por muito o primeiro livro já escrito, Gilgamesh. Nessa obra acompanhamos um herói, o rei de Uruk e esse livro na visão do autor apresenta algumas conexões com a história. Woolf ainda passa pela cultura helênica e por lá nos dá uma visão sobre a importância e conexão dos épicos com a história, como podemos ver em Ilíada e a Odisseia que foram atribuídas ao bardo Homero, pois o autor retrata os gregos dos séculos VIII ao V a.C.

Ao longo da leitura nos deparamos como a história foi escrita no mundo islâmico, no próprio Japão feudal, na Mongólia, durante o período das cruzadas e até mesmo no mundo escandinavo. Daniel Woolf vai além, pois aborda a História na Rússia Medieval, na Coréia do século XIII, bem como o impacto de Napolão em sua passagem pelo Egito ou até mesmo o quanto a influência de Stalin sobre a ciência da História.

Eu poderia ficar um bom tempo falando sobre esse livro, mas você precisa que o autor cobre os mais importantes autores do campo da história, bem como os movimentos e escolas históricas consideradas importantes, abrangendo é claro um período de mais de 4.000 anos, ou seja, esse é um livro extremamente rico em informações e fica claro que o autor dispendeu um grande tempo em pesquisas para escrever essa obra.

Ao longo da leitura o autor compartilha uma visão importante, o quanto a historiografia pode degenerar, o quanto pode ser perdido ao longo dos séculos e milênios. Woolf se mostra capaz e tem uma competência impar ao incluir visões de outros escritores sobre determinado temas. Uma história global da história é um livro fantástico e acredito que vai servir de estudos para muitos amantes da História, principalmente para aqueles que são estudantes ou até mesmo atuam na área. Esse é um livro que tem profundidade, é rico em informações, tem uma visão de mundo interessante por meio da historiografia e é muito bem escrito. Eu tive algumas dificuldades em realizar a leitura, pois como eu disse não sou formado na área, mas adorei a experiência.

Ficha técnica:
Título: Uma história global da história
Autor: Daniel Woolf
Tradução: Caesar Souza
Editora: Vozes
Páginas: 632
Ano: 2014
ISBN: 9788532647634
Onde Comprar: Amazon

Postar um comentário

0 Comentários