[RESENHA #875] A SABEDORIA DA TRANSFORMAÇÃO - MONJA COEN


Sinopse: Para buscar e encontrar a transformação Neste livro, Monja Coen, missionária oficial da tradição Sôtô Zenshû para o Brasil, convida o leitor a lançar um olhar sobre si mesmo e a rever valores e conceitos. Num texto leve e bem-humorado, conta fatos históricos e situações cotidianas, fala de personagens ilustres e de pessoas comuns. A sabedoria da transformação procura nos conscientizar da importância de refletir sobre as nossas atitudes no dia a dia, para que, fazendo o nosso melhor, possamos ser a transformação que desejamos ver no mundo. Buscar a paz interior e, consequentemente a felicidade, é uma meta a ser conquistada. Por meio do desafio da vida humana, podemos encontrar um caminho de prática que nos leve ao nosso eu verdadeiro para desfrutarmos de uma vida simples e feliz. Monja Coen nos presenteia com um texto claro e objetivo, recheado de amor ao próximo. A partir de reflexões sobre acontecimentos ocorridos e experiências vividas, a autora ajuda o leitor a refletir sobre suas atitudes e a buscar a transformação.
  
Resenha/Opinião:  A Sabedoria da transformação foi publicado pela primeira em 2014 e após cinco anos ganhou uma nova edição pela editora/selo Academia (Planeta de Livros). O livro é dividido em duas partes, na primeira a autora nos apresenta contos e situações que ela usa para levantar questionamentos e fomentar a reflexão no leitor. Na segunda parte a autora narra as experiências vivenciadas, inclusive algumas antes mesmo da conversão e através dessas narrativas ela nos demonstra as lições aprendidas ao longo de sua existência.

De todos os livros escritos pela Monja Coen que já passaram em minhas mãos, esse foi o de leitura mais difícil, e longe de mim dizer que isso se deve aos escritos da autora, meu incômodo veio do fato dessa obra nos direcionar a uma reflexão pessoal. A sabedoria da transformação, em cada página, nos estimula a analisar nossa presença no mundo e postura frente às diversas situações da vida.

Autoanálise sempre é um momento de certa tensão, é difícil procurar onde estão os nossos erros, assumi-los, aceitá-los e então procurar uma forma de consertá-los. Toda cura só pode acontecer à partir do momento que assumimos ter alguma enfermidade, não é possível melhorar ou consertar o que está inteiro ou hígido.


Precisamos literalmente ser a mudança que queremos ver no mundo, e nossa postura não deve ser um reflexo do mundo. Independente da ocasião ou lugar, precisamos sempre tentar ser o melhor que podemos ser, não esperando uma congratulação e nem viver em função de evitar alguma punição. Devemos ser bons por essência. Durante a leitura, a reflexão sobre minhas atitudes foi pesada e precisei assumir algumas posturas erradas. Mas fico feliz de ter tido a oportunidade de ler mais essa obra da Monja Coen, que com certeza foi um das mais impactantes para o meu engrandecimento pessoal. 
Todo crescimento é doloroso e incômodo, mas assim conseguimos os melhores resultados.

Esse é aquele livro para apreciarmos, é um livro para você leitor ler um ou dois capítulos por dia. Os capítulos são curtinhos, possuem em média três páginas e são relatos, pensamentos e ensinamentos compartilhados pela autora, a maioria envolvendo o budismo. O livro é maravilhoso e vale muito a pena essa leitura.


Sobre a autora: Monja Coen é a primaz fundadora da Comunidade Zen-Budista Zendo do Brasil, criada em 2001. Teve seu primeiro contato com o zen-budismo no Zen Center de Los Angeles, onde fez os votos monásticos em 1983. Residiu por oito anos no Mosteiro Feminino de Nagoya, no Japão, onde graduou-se como monja especial, habilitada a ministrar aulas de Budismo para monges e leigos. Retornou ao Brasil em 1995, como missionária da tradição Sôtô Zenshû para o Brasil. Ministra cursos e palestras sempre muito concorridas. Apresentou a série Caminho Zen, pelo canal GNT. Autora bestseller, já publicou vários livros pela Editora Planeta. São eles: Zen para distraídos, A sabedoria da transformação, 108 contos e parábolas orientais, Aprenda a viver o agora, O que aprendi com o silêncio e Ponto de virada.
  
Ficha técnica:
Título: A sabedoria da transformação
Autora: Monja Coen
Editora: Planeta de Livros
Páginas: 192
Ano: 2019
ISBN: 9788542215717
Onde Comprar: Amazon

Postar um comentário

0 Comentários