[RESENHA #894] A GAROTA QUE NÃO SE CALOU - ABI DARÉ


Sinopse: Esta é a história inesquecível de uma menina que deseja estudar para poder encontrar sua voz e falar por si mesma. A garota que não se calou é uma narrativa comovente e triunfante sobre o poder de lutar pelos seus sonhos. Adunni nasceu e cresceu em uma aldeia rural na Nigéria. Aos catorze anos, ela é uma mercadoria, uma esposa, uma serva. Mas, acima de tudo, ela é inteligente, engraçada e curiosa, com uma energia contagiante.A mãe de Adunni lhe disse que a educação é a única maneira de não se calar ― de não perder a capacidade de falar por si mesma e decidir o próprio destino. Depois da morte da mãe, o pai da garota a vende para ser a terceira esposa de um homem que está ansioso para ter um herdeiro.Adunni consegue fugir do casamento arranjado, apenas para ser vendida para uma família rica, à qual deverá servir. Mas, ao contrário de tantas outras garotas forçadas a uma vida de servidão, Adunni não será silenciada.Apesar dos obstáculos aparentemente intransponíveis em seu caminho, Adunni nunca perde de vista o objetivo de escapar da vida em que nasceu para poder construir o futuro que escolheu para si ― e ajudar outras meninas como ela a fazer o mesmo. Em A garota que não se calou, a determinação de Adunni de encontrar alegria e esperança mesmo nas circunstâncias mais difíceis nos inspira a ir atrás dos nossos sonhos... e talvez até a mudar o mundo.  

Resenha/Opinião: Abi Daré nos leva para o continente a Nigéria e nos apresenta a história de Adunni, uma garota de apenas 14 anos que viveu e cresceu numa vila rural. O grande sonho da garota é estudar e estudar,  pois ela quer ter o seu desejo realizado, se tornar professora. Mesmo diante das dificuldades, Adunni sempre recebeu o apoio da sua mãe, a sua grande incentivadora. A mãe de Adunni trabalhava arduamente, pois através do trabalho duro ela acreditava que poderia pagar uma escola para a garota. Contudo, o destino não sorriu para a menina, tendo em vista que a sua mãe acabou falecendo muito cedo e a jovem teve que tomar uma triste decisão, largar os estudos para cuidar da família.

Adunni jamais desistiu dos seus sonhos e objetivos, mas um dia a sua vida mudou completamente quando o seu pai lhe conta que a vendeu para ser a terceira esposa de um homem bem mais velho que trabalha como motorista de táxi. Essa venda ocorreu apenas para pegar o dote. Vendida como mercadoria, Adunni ficou extremamente revoltada, pois o seu pai havia prometido que jamais a venderia, ou seja, ele quebrou a promessa. A jovem é enviada para a casa de Morufu e ao chegar em sua nova residência, a garota terá que conviver com as duas outras esposas, mas o pior está por vir, pois ela precisa ter um filho rapidamente com o esposo. É nesse momento que ela vê os seus sonhos cada vez mais distante.


Longe do pai que a vendeu e de seus irmãos, Adunni não tem outra escolha, ela precisa se adaptar a sua nova realidade e por algum momento está consegue. Contudo, em certo momento ela se envolve em uma situação perigosa e não há outra alternativa para contornar a situação a não ser fugir e romper os laços com o seu novo lar, mas também com a cidade em que cresceu.

Enquanto busca por novas oportunidades, Adunni é levada para trabalhar em Lagos, a maior cidade da Nigéria. É nessa cidade que ela é trabalha como empregada doméstica e através desse trabalho a jovem supostamente teria a oportunidade de crescer na vida, teria a possibilidade de seguir a sua vida. Porém, não demora muito para a jovem perceber que foi engada, tendo em vista que na verdade ela era uma mão de obra escrava. Mesmo sofrendo, Adunni era corajosa e determinada, ela não perdeu as esperanças e jamais desistiu de lutar por seu maior sonho, estudar.


Narrado em primeira pessoa, "A garota que não se calou" é o romance de estreia da nigeriana Abi Daré e aqui a autora imagina e compartilha a visão que tem sobre a vida das meninas domésticas, o que na verdade é uma vida de escravidão que tantas jovens precisam enfrentar na Nigéria. Apesar de ter leis no país que proíbem o trabalho escravo e o trabalho infantil, a verdade é que o trabalho infantil é generalizado de acordo com a Unicef. No caso do trabalho infantil ou casamento abaixo dos 18 anos a tradição ainda fala mais alto na Nigéria.

Adunni é uma protagonista forte e determinada, isso fica claro ao longo da história, pois apesar dos inúmeros obstáculos e muitos aparentemente intransponíveis, a jovem nunca desistiu dos seus sonhos. Ela simplesmente luta com todas as forças para construir o futuro que tanto sonhou. A protagonista carrega em si a esperança de dias melhores e isso nos inspira a lutar pelos nossos sonhos independente da situação que nos encontramos. Em suma, esse livro nos apresenta uma história comovente e ao mesmo tempo triunfante.


Sobre a autora: Abi Daré cresceu em Lagos, na Nigéria, e mora no Reino Unido há dezoito anos. Ela estudou direito na Universidade de Wolverhampton e fez mestrado em escrita criativa na Universidade Birkbeck, em Londres. A garota que não se calou ganhou o prêmio The Bath Novel para manuscritos inéditos em 2018 e foi finalista do The Literary Consultancy Pen Factor no mesmo ano. Abi mora em Essex com o marido e as duas filhas, que a inspiraram a escrever seu romance de estreia.

Ficha técnica:
Título:
A garota que não se calou
Autora: Abi Daré
Tradução: Nina Rizzi
Editora: Verus
Páginas: 352
Ano: 2021
ISBN: 9786559240104
Onde comprar: Amazon - Verus

Postar um comentário

0 Comentários