[RESENHA #912] CONTOS DE FANTASMAS (SEM NATAL) - CHARLES DICKENS


Sinopse:  Certamente tanto o público brasileiro, assim como o de língua inglesa, está familiarizado com o “Cântico de Natal”, de Charles Dickens, uma história em que três fantasmas ajudam o protagonista a descobrir o significado do natal. Mas os fantasmas também estão presentes em vários outros contos do clássico autor inglês, independentemente do 25 de dezembro. Este volume da coleção Clássicos do Medo reúne as melhores histórias de fantasmas de Dickens, que conduz o leitor aos limites da realidade, em textos onde não se sabe o que pode ser verdade ou o que se trata de imaginação.

Resenha/Opinião: Quando o assunto é histórias de fantasmas, Dickens é mestre, essa obra reúne contos que são no mínimo intrigantes, aqui temos assuntos que vão desde de relatos da loucura de um personagem que divaga enquanto sua mente cria um novo ambiente que ele toma como realidade e vai até histórias de espíritos e fantasmas que colocam em questionamento a sanidade de outros personagens induzindo ao leitor a se questionar sobre os fatos, tentando separar o que pode ser real do que pode ser imaginário.


A leitura é simples e a narrativa é fluida, assim a leitura é rápida e prazerosa para os leitores que se instigam com histórias inquietantes. Apesar de se tratar do sobrenatural, o livro não tem em si teor violento ou altamente aterrorizante, tendo em vista que o terror presente é psicológico, assim não acredito que há restrições para os leitores. 

Dessa coletânea de contos, o meu preferido foi o último “O homem do sinal”, apesar de ser tão inquietante como todos os outros, este não tem um final óbvio e após a leitura um triplex foi alugado dentro da minha cabeça e levei um tempo para absorver a reviravolta e a surpresa que o final dessa narrativa oferece. 


Apesar de ter gostado muito da leitura, para aqueles que estão interessados em conhecer a obra de Dickens aconselho não usá-la como ponto de partida por ser uma coletânea de contos “leves”, para quem ainda não leu a obra de Charles Dickens, minha indicação é iniciar pela obra “Um cântico de Natal”, que é usado como referência para o título do livro que estamos discutindo, aqui temos contos de fantasmas mas dessa vez sem Natal, sacada inteligente do autor. Assim como o título, a narrativa é extremamente inteligente e cada página um deleite e minha única reclamação é que são contos tão bons que poderiam ser bem mais longos. 


Sobre o autor: Você acredita em fantasmas?  Charles Dickens acreditava.  Tanto que foi um dos primeiros membros do The ghost Club, de Londres, uma sociedade dedicada à investigação de fenômenos paranormais, fundada em 1862, que permanece em atividade até os dias de hoje (www.ghostclub.org.uk). Mas o interesse do escritor pelo assunto é bem anterior a isso e data de sua infância, nele se misturando a curiosidade pelo sobrenatural e o amor à literatura.

Durante os primeiros anos de sua infância, Dickens esteve aos cuidados de uma babá chamada Mary  Weller,  segundo o depoimento do autor, era uma fantástica contadora de histórias e tinha um gosto muito particular pelas histórias de fantasmas. Quando Miss Weller deixou a família Dickens, o pequeno Charles já era alfabetizado e supriu a ausência da narradora doméstica comprando semanalmente uma revista intitulada  The Terrific Register, especializada em contos de terror e mistério.

Quando adulto, o interesse pelo sobrenatural não desapareceu, resultando em diversos contos de fantasmas ou Ghost Stories, entre os quais se destacam os que compõem este volume . O que se espera de uma boa história de fantasmas é que ela provoca medo no leitor, colocando-o diante da incômoda emergência do sobrenatural em meio à realidade cotidiana.

É precisamente isso que se verá nos contos deste livro, que pretendem, sim, deixar o leitor sobressaltado. No entanto, vão também apresentar uma visão abrangente da diversificada produção literária de Charles Dickens que foi um dos maiores escritores do século XIX, século a que pertenceram alguns dos maiores escritores de todos os tempos. 

Ficha técnica:
Título: Contos de fantasmas (sem natal)
Autor: Charles Dickens
Editora: Nova Alexandria
Páginas: 160
Ano: 2019
ISBN:‎ 9788574924687
Onde comprar: Amazon - Nova Alexandria

Postar um comentário

0 Comentários