[RESENHA #916] SKYHUNTER - MARIE LU

 

Sinopse: Em um mundo destruído pela guerra, um time de jovens guerreiros ESTÁ DISPOSTO a sacrificar tudo para salvar aquilo que AMAM. O novo livro da autora da trilogia Legend. A Federação Karensa conseguiu conquistar todos os países, deixando Mara como a última nação livre do mundo. Refugiados escaparam para suas fronteiras tentando fugir de um destino pior do que a morte: serem transformados em uma arma de guerra mutante e monstruosa, conhecida como Fantasma – após a transformação, eles são enviados para atacar seus inimigos. Os lendários Foices, guerreiros de elite de Mara, são treinados especialmente para destruí-los. Mas a derrota parece inevitável à medida que o número de Fantasmas cresce e a Federação avança. Mesmo assim, uma Foice se recusa a perder a esperança. Depois de ter sua voz e sua casa tiradas dela, Talin Kanami conhece de perto a brutalidade da Federação. A crueldade obrigou que ela e sua mãe buscassem asilo em um país que considera seu povo repugnante. Ela só encontra conforto em um pequeno grupo de Foices que juraram suas vidas uns aos outros e estão determinados a impedir Karensa a todo custo. Quando um prisioneiro misterioso é trazido da frente de batalha, Talin acredita que ele é mais do que aparenta ser. Será que é um espião da Federação? Ou seria ele a arma que pode salvá-los?

Resenha/Opinião: O mundo está destruído pelas guerras, a poderosa Federação de Karensa conquistou todas as nações inimigas, subjugou todos aqueles que ousaram resistir ao seu poder, mas a Federação ainda não foi capaz de realizar a conquista total, pois jovens guerreiros estão dispostos a sacrificar de tudo para salvar o povo de Mara, a última nação livre nesse mundo dominado pelo medo e pelo caos. Aqueles que conseguiram escapar das fronteiras da Federação fugiram por temer um destino pior do que a mortes: serem transformados em uma arma horrenda, conhecida como Fantasma.

Na contramão das forças Fantasmas há os guerreiros de elite de Mara, eles são treinados arduamente para destruir os Fantasmas. Contudo, mesmo com todos os treinamentos, a derrota de Mara parece ser uma questão de tempo diante dos números dos Fantasmas, mas também devido aos avanços da Federação. Ainda assim, há na resistência uma esperança, uma Foice (guerreiros de elite) que acredita em dias melhores, Talin Kanami.


Kanami é a nossa protagonista, ela era de Basea, uma nação que foi dominada pela Federação, isso ocorreu quando Talin Kanami era apenas uma criança e mesmo tão jovem ela viu toda a brutalidade da Federação. Diante da crueldade e avanços da Federação, Talin e sua mãe buscaram asilo em Mara, o problema é que o próprio povo Mara considera as pessoas de Basea um tanto quanto repugnantes. Ainda assim, Talin conseguiu crescer em Mara e se tornou uma uma Foice, integrante do exército mareano e no exército encontrou um conforto, pois os soldados que estão ao seu redor juraram suas vidas uns aos outros.

Mesmo diante do cenário desolador, os Fantasmas não desistem de defender Mara, mas a maré vira e há uma certa esperança de salvação quando um inimigo é capturado no campo de batalha e trazido para ser executado, pois nesse momento Talin reconhece algo diferente nele, ela acredita que há esperança. O prisioneiro na verdade estava fugindo da Federação, ou seja, ele é um desertor.


Apesar de demonstrar uma certa fragilidade, é nítido que ele está escondendo algo. Incomodada com a figura do preso, Talin acredita que ele é uma pessoa valiosa e por isso convence seu líder, Aramin, a poupar sua vida. Desse momento em diante o preso, conhecido como Red, passa a ser o escudo de Talin, ele é a sua dupla nessa guerra. Todavia, Talina não está sozinha, pois há outros dois Foices que andam próximo dela, Adene e Jeran, um é o escudo do outro. Adena é é inventora, cientista, guerreira e capaz de criar, bem como aperfeiçoar armas. Jeran é o melhor Foice de ara, o guerreiro exemplo. Agora os quatro precisam lutar pela sobrevivência de Mara em face da poderosa Federação de Karensa.

Esse não é o meu primeiro contato com a escrita da autora, mas ainda assim Marie Lu consegue me impressionar com a sua escrita e capacidade de criação, pois o universo apresentado pela autora em Skyhunter é simplesmente envolvente e maravilhoso. A protagonista que Marie criou é forte, destemida e determinada. Outro ponto interessante são os personagens secundários que foram bem construídos e possuem personalidade própria. Essa é uma história repleta de ação, mas também de sofrimento, lutar e superação, mas também fala sobre amizade e união. Em suma, essa é uma leitura imperdível e indico para todos que desejam conhecer a escrita da autora ou apenas ler um belo livro!


Sobre a autora: Marie Lu nasceu na China e mudou-se ainda criança com a família para os Estados Unidos. Formou-se na Universidade do Sul da Califórnia e começou a trabalhar como programadora na indústria de videogames. Hoje é escritora em tempo integral. Nas horas vagas, gosta de ler, desenhar e jogar Assassin´s Creed. Ela mora em Los Angeles, na Califórnia, com o namorado, um Chihuahua sem pedigree e dois cachorrinhos da raça Welsh Corgi Pembroke.

Ficha técnica:
Título:
Skyhunter - A arma secreta (Skyhunter #1)
Autora: Marie Lu
Tradução: Regiane Winarski
Editora: Rocco
Páginas: 384
Ano: 2021
ISBN: 9786555321333
Onde comprar: Amazon
Rocco

Postar um comentário

0 Comentários